domingo, 22 de maio de 2011

Unhas Fracas, o que fazer e como tratar???

 Além de proteger os dedos de impactos traumáticos, as unhas auxiliam também na apreensão de objetos.
As unhas refletem a saúde do organismo. Elas são anexos cutâneos formados por diferenciação de alguns segmentos da pele. Possuem muita queratina e estão envolvidas no processo de proteção do organismo em relação ao meio externo e tem função estética.
O crescimento delas é contínuo e recebe estímulos hormonais e nutricionais diversos. A unha pode interromper seu crescimento ou apresentar alterações de estrutura uma vez que, em casos de doenças graves, o organismo reservar sua fonte de proteínas, vitaminas e de defesa para os órgãos vitais. Os nutrientes ficam escassos primeiramente nas unhas e nos cabelos e ambos ficam enfraquecidos, opacos e sem vida nestas situações.

A unha normal é transparente, lisa, suave, permanecendo colada ao seu leito e apresentando crescimento contínuo.

Quanto tempo a unha demora para crescer??? 
 
As unhas crescem, em média, 3 milimetros por mês, mas isso pode variar bastante. As unhas das mãos demoram, em média, de 4 a 6 meses para crescer da base até a ponta; e as dos pés, de 6 a 12 meses. As unhas dos homens crescem mais rápido do que as das mulheres (exceto na gravidez, quando as unhas crescem mais). É bom lembrar que existem variações individuais, relacionadas à idade, ambiente, ocupação, etc.
Diversas alterações na cor, aparência, superfície e crescimento podem significar problemas internos.

 Sinais de que suas unhas estão fracas
- Descamação com início na ponta das unhas
- Unhas quebradiças
- Unhas finas, que dobram fácil
- Unhas com aspecto poroso

Cuidados
Para se ter unhas bonitas e saudáveis, pode ser simples, desde que sejam seguidos a risca alguns cuidados básicos. Dentre eles reunimos os principais, os quais serão apresentados abaixo: 


  • Dieta equilibrada
    • O fator básico para que suas unhas sejam fortes é a alimentação. Se o organismo percebe a falta de proteínas, vitaminas e outros nutrientes, ele tende a direcionar esses nutrientes para órgãos essenciais e deixa de utilizá-los para a fabricação de unhas e cabelo. Você deve ingerir todos os dias a quantidade certa de nutrientes indicada para a sua idade e sua estrutura corpórea.
    • O cálcio fortalece e dá consistência às unhas. Use e abuse do leite e de seus derivados, além de frutos do mar e peixes. O ferro é outro nutriente imprescindível para a beleza de suas mãos. Você o encontra nos vegetais de folhas escuras como o espinafre, a rúcula e o almeirão, e também nas frutas vermelhas e no fígado bovino.



    • Consumo de Carne Vermelha _ Tem a ver com um metal importantíssimo no metabolismo de cabelos e unhas: o zinco. A principal fonte de zinco em nossa alimentação é a carne vermelha. Quando o nível de zinco está baixo, as unhas descamam e enfraquecem e também pode haver queda de cabelo. Em situações de vida acompanhadas de muito stress emocional, há um consumo maior de zinco no organismo. Assim, depois que o dermatologista afastar outras causas, talvez haja necessidade da suplementação desse metal.

  • Quais alterações nutricionais podem alterar o aspecto das unhas?
    • Deficiência de vitamina A: unha com aspecto de casca de ovo, esbranquiçada e quebradiça.
    • Deficiência de vitamina B12: linhas longitudinais escurecidas, cor azul enegrecida.
    • Deficiência de vitamina C: hemorragia subungueal, com a presença de pontos avermelhados no leito ungueal.
    • Deficiência de zinco: coloração acinzentada, cutícula seca e engrossada, descamação intensa ao redor das unhas, linhas transversais bem acentuadas.
    • Deficiência de nicotinamida – vitamina B3 (pelagra - doença dos alcoólatras): linhas transversais esbranquiçadas, ausência de brilho e descolamento da parte distal da unha.






  • Manicure
    • Use sempre a lixa. O uso de tesouras pode fazer com que elas se lasquem. Prefira as mais simples, de papelão, às metálicas, que também racham e estragam as pontas. Lixe-as sempre da borda de dentro para a de fora. 
    • Cuidado no momento de lixar: Quando vamos lixar as unhas é preciso que isso seja feito de maneira correta para evitar que as unhas quebrem, é indicado que lixe de maneira reta dando uma pequena arredondada nos cantos para evitar que se lasquem ou até mesmo quebrem.
    • Atenção na hora de tirar a cutícula: no momento que retirar a cutícula é fundamental que fique pelo menos uma camada fina de cutículas, pois elas estão na sua unha com a função de proteção as mesmas impedindo a penetração de fungos e bactérias. O ideal na verdade é não tirar, somente empurra-las, mas como a maioria das meninas tira, então deixem ao menos uma camadinha!
    • Proteja sempre as mãos ao entrar em contato com substâncias químicas que possam manchá-las. É aconselhável usar sempre um creme hidratante próprio para essa região do corpo, assim como luvas. Nunca corte suas cutículas com tesoura ou com o alicate. Prefira usar um removedor especial, vendido em qualquer loja de cosméticos. 
    • A acetona tem diversos usos, mas o mais comum para nós é na retirada dos esmaltes. Para você ter uma noção, a acetona serve também para retirar supercola, ou seja é muito forte. Isso significa que ela pode agredir muito suas unhas, cutículas e a pele ao redor das unhas.
      Resultado: sua unha fica mais fraca e quebradiça (às vezes aparecem aquelas manchas brancas) e a pele e as cutículas ficam ressecadas. Nada bom.
      Já o removedor de esmaltes não contém acetona e alguns ainda possuem óleos que hidratam suas unhas e cutículas; sem contar que os removedores não têm aquele cheiro forte de acetona que impregna a casa toda.
      A desvantagem do removedor de esmaltes é que ele é um pouco mais caro do que a acetona. Mas o investimento vale, pela saúde das suas unhas.
    •  Antes de fazer as unhas, use óleo de amendoas para hidratá-las: você passa o óleo massagenado, retira o excesso e depois pinta normalmente, o óleo de amendoa vai deixá-las hidratadas, pois passar o esmalte com as unhas secas, ressecam-as mais ainda.
    •  Sempre passem um creminho ou um óleo nas mãos , principalmente aqueles que contém vitamina A ou E, que são ótimas para as unhas
    • Quando lixarem as unhas não lixem por cima delas, pois isso faz com toda a queratina se rompa e aí as unhas ficarão queradiças e fracas na certa!!
    • Serviços Domésticos _  Difícil fugir deles, então, há que enfrentá-los bem protegida. Use Luvas! Acredite, é só uma questão de hábito. Não há como ter unhas fortes e saudáveis, cutículas hidratadas e mãos  sedosas, quando se lida diariamente com essas pragas.  

       As unhas dos pés precisam ser lixadas em formato quadrado, para evitar que encravem. Nas mãos, vale também o formato redondinho, desde que a unha não fique pontuda, o que poderia fazer com que ela quebrasse com mais facilidade. O formato ovalado é ideal para unhas fracas, porque quebra com menos facilidade. O quadrado exige movimentos firmes e retos da lixa. Unhas redondas devem ser lixadas na diagonal. Uma vez por mês, lixe também a superfície das unhas, com a parte mais fina da lixa, para retirar as impurezas e as células mortas.






  • Esmalte


    • Vc já dve ter ouvido falar que as unhas precisam respirar, que não devem estar sempre pintadas, pois é pura crendice! Não há problema algum em pintar as unhas. Ao contrário, salvo em casos especiais, é até melhor manter as unhas pintadas, pois o esmalte fornece alguma proteção contra o sol e agressões químicas, como o contato direto com detergentes, sabões em pó e outros produtos de limpeza. Acho que todas nós já ouvimos as manicures dizerem que “para deixar as unhas fortes, é bom pintar de vermelho”. Não há, até o momento, comprovação científica para tal afirmação mas, na prática, funciona mesmo. Portanto, aposentem o Renda e se joguem no vermelho! Mas, por favor, usem removedor sem acetona.
    •  Assegure-se sempre que as camadas de esmalte já estejam secas antes de passar as seguintes. Se você não fizer isso, elas podem ficar manchadas e feias.
    • Há ainda a opção de bases fortalecedoras formuladas pelo dermatologista, que são feitas de carbonato de cálcio, formaldeído e derivados de quinino. 
    • Modo de aplicar o esmalte: Antes de aplicar qualquer esmalte é preciso que passe sempre uma base fortalecedora, caso note que o esmalte está saindo, retire-o e capriche na hidratação das mãos para que a mesma fique mais bonita e apresentável. 
    •  Usar esmalte que não tenha ingredientes corrosivos ou que não cause alergia. Produtos como o tolueno e o formaldeído são compostos químicos que estão na composição do esmalte e que podem causar alergia em algumas pessoas. O esmalte protege a unha, funcionando como uma camada protetora, mas precisa ser de boa qualidade.
    • As substâncias encontradas em esmaltes comuns como o formaldeído (tóxico), o tolueno e o benzeno (solventes agressivos). Além de enfraquecerem, são perigosas para as pessoas mais sensíveis nesta área. Antes de comprar algum vidrinho de esmalte, confira se o mesmo é livre destas químicas. 
      
      Uso de Medicação _ Alguns quimioterápicos e anti-inflamatórios podem alterar o aspecto das unhas.
    • Quais os medicamentos que causam alterações no leito ungueal?
    • Minociclina: cor azulada nas unhas.
    • Tetraciclina: cor marrom e descolamento distal.
    • Anticonvulsivantes: diminuição do tamanho das unhas.
    • Antidepressivos: unhas com manchas brancas.
    • Retinoides: afinamento das unhas, pontos brancos.

    Alguns problemas como anemia, estresse elevado e disfunções hormonais também podem interferir no fortalecimento das unhas quando a pessoa tem algum destes problemas as unhas se desgastam com facilidade, muitas vezes não crescem como deveriam, quebram e lascam com muita facilidade, a duração do esmalte em unhas fracas é quase nula, isto é, costuma durar pouquíssimo tempo, por isso é preciso que fique sempre atenta, pois esses sinais podem indicar problemas hormonais. Caso isso aconteça com você é indicado que procure um médico para saber qual o problema.

    Quais as alterações das unhas que devem ser examinadas por um dermatologista pois podem estar presentes em doenças sistêmicas?
    • Anemia: unhas quebradiças, secas, opacas, com vários sulcos transversais, formato côncavo da unha (coiloniquia), descolamento distal (onicólise).
    • Doenças cardíacas: unhas curvadas para baixo, alargadas, coloração arroxeada e pontos arroxeados.
    • Doenças renais: engrossamento das unhas, coloração amarelada ou cinzenta, linhas transversais esbranquiçadas, unha metade marrom, metade clara.
    • Doenças hepáticas: na cirrose estão presentes as chamadas “Unhas de Terry”- de cor esbranquiçada na parte proximal e coloração normal na parte distal, unha pálida, amarelada, arredondamento e aumento da unha.
    • Doenças gastrointestinais: unhas doloridas, frágeis e que se descolam da parte distal ou descamam. Presença de pontos hemorrágicos.
    • Diabetes: unhas grossas, avermelhadas e com visualização de vasos na pele. É comum a presença de micoses, engrossamento e endurecimento das pontas dos dedos.
    • Hipertireoidismo: afinamento e enfraquecimento das unhas, descolamento da parte distal e abaulamento.
    • Hipotireoidismo: unhas opacas e grossas.
    • Lúpus eritematoso: manchas brancas na unha, depressões puntiformes e descolamento da parte distal da unha. Hemorragia da cutícula.
    • Reumatismo: unhas amareladas, com sulcos transversais, lúnula (mancha esbranquiçada e semilunar presente na base da unha) avermelhada e engrossamento sob a unha.
    • Leucemia: unha quebradiça, hiperqueratose (engrossamento) ou perda total da unha.
    • AIDS: é frequente o acometimento da unha por infecções causadas por fungos, cândida, vírus e herpes e também a presença do sarcom de Kaposi (tumor vascular) na unha.
    Outras alterações que devem ser avaliadas:
    • Unheiro: é o edema da cutícula. Pode ser causado por cândida (em pessoas que mexem muito com água ou umidade) ou por bactéria (geralmente após um traumatismo, como tirar a cutícula).
    • Micoses: a mais característica é a unha que vai ficando porosa, descolando e formando uma massa por baixo. É importante salientar que não é pega só em pedicure, como muitos pensam. Homens que nunca vão à pedicure são os mais acometidos. A causa é o fungo que existe no ar agravado pela predisposição familiar, diabetes, suor excessivo nos pés e uso contínuo de sapatos fechados. Microtraumatismos vão descolar a unha e facilitar a umidade debaixo dela, onde o fungo se acomodará. Existem atualmente antifúngicos orais muito eficientes. No caso de micose inicial, cortar bem a unha e usar antifúngicos locais.
    • Unhas encravadas: são defeitos constitucionais, em que a unha se encurva muito e entra dentro da carne, incomodando muito o paciente. É agravada com a idade e o corte errôneo da unha. Deve-se preventivamente cortar a unha reta, evitar sapatos apertados e evitar tirar muito a cutícula nos cantos. Em casos mais intensos recorre-se à cirurgia, que tira a matriz da unha responsável pelo seu crescimento naquele canto.

    Receitas caseiras para ter unhas fortes, saudáveis e bonitas

  •  
    Receita para fortalecer unhas quebradiças, rachadas e fracas:


    Coloque 30 g de cravo em 200 ml de óleo de oliva
    Cozinhe durante 03 horas em banho-maria.
    Coe.
    Massageie as unhas com o óleo de cravo durante 10 dias.


    Unhas Fracas


    Uma receita caseira para fortalecer as unhas é colocar algumas gotas de limão em um copo de óleo rícino e deixá-las de molho por 15 minutos. Repetir esse tratamento uma vez por semana.


    Para As Unhas Fracas


    ½ vidro de base para unhas fracas
    2 gotas de iodo,
    2 gotas de formol,
    2 cravos da Índia.
    Misture bem e deixe agir por 1 semana, vez ou outra, neste período, agite o vidro
    Passe semanalmente nas unhas quando for faze-las.

    Unhas Enfraquecidas e Quebradiças


    1ª etapa
    misture um pouco de óleo de amêndoa doce ou azeite de oliva ; algumas gotas de limão ( em volume suficiente para umedecer todas as unhas ) e aplique à noite umedecendo as unhas nesta solução.
    Faça massagens por uns 8 a 10 minutos nas unhas e cutículas.
    2ª etapa
    1 vidrinho de base para unhas fracas
    3 gotas de iodo
    2 pitadas de bicarbonato de sódio
    Misture tudo agitando bem o vidrinho de base
    Passar a cada 3 dias nas unhas
    não usar esmalte por cima, porque esta base fica grossa.

    Unhas fracas e quebradas


    1 dente de alho
    5 cravos da índia
    Amasse bem o alho e coloque tudo dentro da sua base, o alho e o cravo. Deixe curtir por três dias e estará pronta para o uso.


    Micose de Unha

    1 frasco pequeno de óleo Singer ( usado em máquina de costura )
    1 pacotinho ou latinha de Talco de Polvilho de Granado
    ( compra-se em farmácias comuns e é usado para alívio das coceiras )
    Misture bem o polvilho com o óleo, mexendo bem até dissolver.
    Coloque num vidro conta-gotas e pingue com frequência nas unhas com micose.
    Uso é prolongado, porque a micose de unha demora para curar 

    Fortalecimento das unhas
    Quando colocar o feijão para cozinhar, na primeira fervura você retira parte da água (1 xícara) ainda quente, que de para aguentar o calor e não queime o dedo, coloca as unhas de molho por um tempo de mais ou menos 5 minutos.
    Repete isso por mais umas 3 vezes quando cozinhar feijão, pode ser uma vez por semana.


    Unhas Fracas
    1 dente de alho,
    100 ml de água e 
    uma colherinha de suco de limão. 
    Para preparar este remédio caseiro teremos que moer o dente de alho e colocá-lo junto com a água em uma panela. Depois devemos esquentar o preparado até que ele ferva e retirá-lo do fogo.
    Adicionamos o suco do limão e guardamos-o em um recipiente de esmalte que estiver vazio.
    Agora tudo o que nós devemos fazer é aplicá-lo nas unhas todas as noites antes de ir dormir, assim as tarefas do dia-a-dia não removerão o preparado de nossas unhas.


    UNHAS AMARELADAS
      
    Se por algum motivo você tem as unhas amareladas, use suco de limão. Corte um limão na metade e afunde seu dedinho dentro. Elas voltarão a ser rosinhas! Evite o uso prolongado de esmaltes escuros. Cigarro também ajuda a amarelar a unha. Então, cuidado.

    CREME PARA FORTALECER
    01 colher (sopa)de cavalinha fresca, 04 colheres (sopa) de água, 01 colher (chá) de manteiga de cacau e 01 colher (chá) de lanolina. Cozinhe a cavalinha na água, até ferver. Separadamente, misture a lanolina com a manteiga de cacau, em banho-maria, acrescentando a infusão de cavalinha. Misture até formar um creme. Aplique-o massageando.


    FORTALECER
    Para fortalecer unhas quebradiças, rachadas e fracas: coloque 30 g de cravo em 200 ml de óleo de oliva, cozinhe durante 3 horas em banho-maria. Coe. Massageie as unhas durante 10 dias.



    Mais dicas:

    Cuidado com instrumentos e produtos: Mantenha todos os instrumentos (espátula, alicates, limas) limpos e se possível desinfetados. Se você vai a manicure, verifique se ela desinfeta o material após cada cliente. Não tente reaproveitar esmaltes ressecados utilizando solventes, pois eles modificam sua composição química, comprometendo a qualidade do produto, ou seja, você até poderá utilizá-lo, porém haverá alterações na textura, além de descascar mais rápido.

    Para o esmalte durar mais tempo: A dica é passar a ponta do dedo sobre a parte lixada da unha, logo depois que ela for pintada. Isso ajuda a retirar o excesso de esmalte, o culpado pelas pontas das unhas descascarem rapidinho. Já para evitar as bolhas, faça as unhas em um local arejado, em uma temperatura confortável. Evite sol ou vento demais, pois são as variações de temperatura que levam a produção por água abaixo.

    Para o esmalte secar mais rápido: Evite o excesso de esmalte, limpando bem o pincel na borda do vidro antes de aplicá-lo nas unhas. Mergulhar as mãos em um pote com água bem gelada, ou usar um óleo secante logo depois de pintar.

    Efeitos e colorações: Para tornar a sua unha mais comprida, deixe uma faixa bem fininha sem pintar nas laterais da unha. Mas o efeito tem de ser sutil, para não ficar com ar de desleixo. Muitas pessoas tem dúvidas se a coloração utilizadas nas mãos tem que ser as mesmas das dos pés: Isto depende do estilo de cada um! Se você não é das mais ousadas, opte por colorir a mão e deixar o pé bem discreto, ou vice-versa.






  • Esperam que tenham gostado, vamos deixar nossas unhas divinas!!! rsrsrs




    bjoooos

    14 comentários:

    Ana Paula disse...

    Oieee, tudo bem? Obrigada pela visita no meu blog! Também estou seguindo o seu. Adoreeei as dicas, e descobri que minhas unhas andam fracas! :O Quando estão compridas (o que é muito difícil, rs) elas dobram e lascam bem na pontinha, mas também já descobri porque! Eu já tive hipertirioidismo, e ai no seu texto diz que deixa as unhas fracas. Mas agora eu já vi as dicas, e fiquei em dúvida de uma coisa, o alho com cravo na base será que fica com cheiro? OO' Mas tudo bem, rsrs, tem várias outras opções de tratamento. Mas fiquei de caraa, porque todo mundo diz que as unhas tem que respirar, mas nunca levei isso em muita consideração, HUEAUHUEAHUEA! Se bem que ultimamente nem tempo pra fazer as unhas eu ando tendo. :/ Nooooossa, falei demais. Daqui a pouco você nem vai ter coragem de ler o comentário. HEUAHUUEAHU! Beijos, beijos :*

    http://diarioda-tati.blogspot.com

    Ray* disse...

    Depois vou testar as dicas que você passou, as minhas são super fracas e quebram com muito facilidade. Bjos e boa semana querida.

    Dany Aoki disse...

    oi Renata, obrigada pelo apoio, pois é, estou chegando na minha meta, logo vou conseguir!!
    Adorei as dicas sobre as unhas.
    bjos.

    Lugreen disse...

    Oi Re!

    Otimas dicas....mas posso dar uma sugestão:divida a materia em partes, assim não fica tão extensa e vc ganha seguidoras curisas pela outra parte, como eu por exermplo!
    Otima terça!
    E adoro ver seu rostinho lindo no meu blog!
    bjux e shalom

    Lila Czar disse...

    Oi Re!
    Pos super completo, viu? Acho que faço tudo certinho...
    Lila Czar
    seviracom30.blogspot.com

    *Lela* disse...

    Matéria muito boa sobre unhas, peguei umas dicas pras minhas -

    Firme no chá verde!

    Beiju

    Denise disse...

    Oi Rê! tem coisas aí que eu nem imaginava! que legal! beijo!

    Roberta M. disse...

    Adorei o post de hoje, bjs!

    Anônimo disse...

    Oi estou fazendo a receita do alho limão e água a 5 dias e ja estou vendo resultado mas por quanto tempo tenho que continuar ? obrigada!!!!

    Silvana Campos disse...

    amei seu post, me ajudou muito.

    Tamires Mattos disse...

    Oiie' Ameei as Dicas' Vou começar a fazer isso nas minhas, elas são fracas ' aii não tenho paciência e corto elas' beeijos

    Regina Inoue disse...

    Oi Renata bom dia ! adorei seu blog e poderia me orientar porque as unhas racham , tipo da cuticula até a ponta e continua assim tem que manter curta para nao enroscar e machucar ! o que fazer para melhorar

    Fra Diavolo disse...

    Precisos e certeiros seus comentários, que fogem das especulações de outros blogs. Gostaria apenas de acrescentar duas sugestões minhas: 1) mesmo não sendo alérgica, evitar o uso de esmaltes comuns, usando-se apenas os que não contêm tolueno e outros componentes prejudiciais às unhas (parece-me que a Colorama lançou há pouco uma linha de esmaltes sem tolueno) e 2) descoberta minha, surpreendente mas que funciona: comer todos os dias, ao almoço, 1 cm de gengibre cru, picadinho, para ficar menos picante. Minha mãe, meu marido e eu tivemos nossa unhas fortalecidas (em 1 mês já dá para sentir a diferença e em 3 meses as unhas estarão fortes). É algo tão simples que as pessoas nem acreditam, mas funciona!

    Fra Diavolo disse...

    Precisos e certeiros seus comentários, que fogem das especulações de outros blogs. Gostaria apenas de acrescentar duas sugestões minhas: 1) mesmo não sendo alérgica, evitar o uso de esmaltes comuns, usando-se apenas os que não contêm tolueno e outros componentes prejudiciais às unhas (parece-me que a Colorama lançou há pouco uma linha de esmaltes sem tolueno) e 2) descoberta minha, surpreendente mas que funciona: comer todos os dias, ao almoço, 1 cm de gengibre cru, picadinho, para ficar menos picante. Minha mãe, meu marido e eu tivemos nossa unhas fortalecidas (em 1 mês já dá para sentir a diferença e em 3 meses as unhas estarão fortes). É algo tão simples que as pessoas nem acreditam, mas funciona!

    Postar um comentário

    Template by:

    Free Blog Templates